Entidades em Ação
6 DE agosto DE 2018 - 13:56

Tecnologia 4G já é utilizada por metade dos usuários do país

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a tecnologia 4G já representa 50,29% do total de contratos de internet móvel do país, o que corresponde a 118.226.718 clientes.

A tecnologia começou a ser utilizada no país em 2013 e a 5G está previsto para chegar ao país em 2020. O Brasil registrou um total de 235.076.217 linhas de telefonia móvel no mês de junho de 2018. O serviço vem seguindo tendência de queda e apresentou redução de 7.048.232 linhas nos últimos 12 meses, na comparação com maio, a queda foi de 394.230 linhas.

No Brasil existem mais usuários com linhas pré-pagas do que com linhas pós-pagas, mas se observa a migração de um tipo de serviço para o outro, com a redução das linhas pré-pagas e o aumento das pós-pagas. Em junho de 2018, foram registradas 141.890.809 linhas pré-pagas, diminuição de 18.305.982 linhas em 12 meses. As linhas pós-pagas chegaram a 93.185.408 em junho, registrando um aumento de  11.257.750 linhas em 12 meses.

Tecnologias – As linhas móveis de 4G são as mais utilizadas no país sendo 50,29% (118.226.718 linhas) do total, seguidas das de 3G com 30 % (72.166.311 linhas) e 2G com 11% (27.766.023 linhas). As linhas utilizadas em aplicações máquina-a-máquina (M2M) representam 7 % (16.917.165 linhas) do total. Nos últimos 12 meses, apenas as tecnologias 4G (+46 %) e M2M (+23%) registraram crescimento.

Estados e Distrito Federal – São Paulo continua sendo o estado com o maior número de linhas móveis do país, com mais de 62 milhões de usuários; seguido por Minas Gerais com mais 22 milhões e Rio de Janeiro com mais 20 milhões. Nos últimos 12 meses, o maior crescimento foi registrado no Amazonas com saldo de 147.424 linhas. Outros estados que apresentaram aumento foram: Espírito Santo com saldo de 45.889 linhas, Roraima 26.624 linhas e Amapá com saldo de 15.195 linhas. Todos os outros estados tiveram redução no número de linhas móveis.

Grupos – Em junho de 2018, a Vivo detinha 32% (mais de 75 milhões de clientes) do mercado de linhas móveis, seguida pela Claro, com 25% (com 59 milhões de clientes), Tim com 24 % (56 milhões de clientes) e Oi com 16 % (mais de 38 milhões de clientes). A Nextel deteve 1,3% (3 milhões de usuários) do mercado; a Algar Telecom,  0,5% (mais de 1 milhão de usuários); a Porto Seguro,  0,2% (653 mil usuários);  Datora, 0,10% (245 mil usuários); Sercomtel,  0,03% (65 mil usuários); e outras empresas detiveram 0,02% do mercado (52 mil usuários).

Fonte: site da ANATEL

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.