Análise Econômica, Política & Social
9 DE março DE 2018 - 15:16

Sobretaxa do aço levará ao desligamento de altos-fornos

O presidente da Abinee – Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica -, Humberto Barbato, em entrevista ao portal Broadcast, disse que a sobretaxação das importações de alumínio em 10% e as de aço em 25% poderá levar ao desligamento de altos-fornos das siderúrgicas brasileiras.

De acordo com executivo, o setor, que já enfrenta altos custos de produção no Brasil, precisa do mercado externo para contornar seus problemas e fazer mudanças importantes para continuar competitivo. Diante do levantamento de barreiras pelo governo americano e do excesso de oferta que a medida deverá acarretar, de acordo com o presidente da Abinee, o setor siderúrgico, que vive um momento delicado, não deverá baixar preços.

Barbato se diz muito preocupado com esse tipo de postura do presidente dos Estados Unidos porque neste tipo de questão “a gente sabe com ela começa, mas não sabe como termina”. Ele lembrou que, há pouco tempo, o governo brasileiro deixou de atender pedido do setor fabricante de aço não concedendo o antidumping solicitado. “Agora Trump toma essa medida”, ressaltou.

Para o presidente da Abinee, a decisão do governo americano de sobretaxar o alumínio e o aço deixa dúvidas sobre o futuro do livre comércio. Segundo ele, o presidente Trump dá uma batida no cravo e outra na ferradura. “Quando ele reduz impostos para as empresas a gente aplaude porque dar competitividade à economia é um exemplo a ser seguido. Agora, aumentar barreiras não é benéfico para ninguém”, disse.

Outra manifestação de Barbato é com a provável generalização do problema, dada à maior tendência ao protecionismo da União Europeia. “Minha preocupação é que a União Europeia, que tem uma tendência ao protecionismo maior que a dos EUA, também siga essa orientação. Até porque o que a China produz de aço por dia é o que o Brasil produz no mês”, justificou.

Fonte: Broadcast/OESP

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.