Análise Econômica, Política & Social
31 DE agosto DE 2017 - 19:29

Mercado de silicone mostra recuperação no 1º semestre

O mercado brasileiro de silicone mostrou recuperação no primeiro semestre do ano. Houve aumento de 4% no volume produzido pelas indústrias, atingindo aproximadamente 33 mil toneladas. O setor movimentou de janeiro a julho US$ 112 milhões.

Na primeira metade do ano, as importações de siloxano, matéria prima para fabricação de silicone, foram de 7.200 toneladas, crescimento de 47% em relação ao ano passado, indicando a retomada da atividade produtiva no Brasil em relação a 2016.

As exportações da indústria de silicone avançaram 7%, alcançando a marca de 7.900 toneladas.

Caso se confirmem as mesmas tendências da atividade industrial do primeiro semestre, o mercado de silicone deve fechar o ano de 2017 com crescimento do volume de produção ao redor de 3% a 4%, alcançando cerca de US$ 230 milhões, prevê a Comissão Setorial de Silicones da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

“Após dois anos seguidos de retração, os piores vividos pela nossa indústria, os sinais apontam para uma recuperação da atividade, o que está diretamente relacionado à melhora de outros segmentos importantes como  construção, automóveis, beleza e o varejo”, afirma o coordenador da Comissão Setorial de Silicones, Irineu Bottoni.

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.