Análise Econômica, Política & Social
12 DE março DE 2018 - 17:15

Indústria de silicone prevê crescimento de 5% a 7% este ano

A indústria de silicone está começando o ano mais animada, na expectativa de um crescimento igual ou superior ao registrado em 2017, quando o volume de mercado teve incremento de 8%, comparado a 2016, alcançando perto de 66 mil toneladas de produtos.

Em termos de valor, o setor registrou expansão de 2%, atingindo US$ 232 milhões, informa a Comissão Setorial de Silicones da Abiquim – Associação Brasileira da Indústria Química.

Com essa melhora, o mercado de silicones deixa para trás dois anos seguidos de retração (2015 e 2016), os piores vividos por essa indústria.

Esse aumento no volume de produção está diretamente relacionado à melhoria de outros segmentos importantes da atividade como indústria automobilística, de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, além da construção civil, linha branca e o varejo, explica o coordenador da Comissão Setorial de Silicones, Irineu Bottoni.

“Para este ano, esperamos que a indústria possa repetir o mesmo desempenho ou ultrapassar o crescimento alcançado em 2017, com aumento de volume de comercialização ao redor de 5% a 7%, valores históricos que estavam sendo alcançado até 2013”, afirma o executivo.

A Comissão prevê que a retomada da economia será sustentável, de modo a permitir novos investimentos na produção e pesquisa do silicone no Brasil.

Imagem da primeira página: Yuri Zoubaref

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.