Entidades em Ação
4 DE novembro DE 2019 - 7:32

Comercialização de veículos cresce 9% em outubro

De acordo com levantamento da FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores -, com base nos emplacamentos registrados pelo Renavam, no mês de outubro foram comercializadas 367.587 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 9,09% na comparação com o mês de setembro, quando foram emplacados 336.968 veículos.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado – quando as vendas comercializadas somaram 351.590 unidades – o resultado de outubro de 2019 registrou crescimento de 4,55%.

De janeiro a outubro, 3.320.021 veículos foram emplacados, o que representa crescimento de 10,6% ante igual ao período do ano passado, quando foram registrados 3.001.820 veículos. O volume acumulado, dos dez meses de 2019, está em linha com a projeção de 10,76% de crescimento para este ano, com volume total ultrapassando as 3,9 milhões de unidades.

Segundo o presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Júnior, o mercado vem se comportando de forma estável. “A evolução positiva foi registrada em função de dois dias úteis a mais, em outubro (23 dias contra 21 dias em setembro). Se considerarmos apenas os dias corridos, o mercado permaneceu, praticamente, estável, com uma pequena retração de 0,43%”, ponderou.

As vendas de automóveis e comerciais leves somaram, em outubro, 241.175 unidades, o que representa aumento de 8%, na comparação com o mês de setembro, quando as vendas somaram 223.217 veículos. Quando comparado com outubro de 2018, período em que foram emplacadas 244.537 unidades, o resultado aponta para leve retração de 1,37%.

No acumulado do ano, esses segmentos cresceram, juntos, 7,5%, chegando a 2.176.145 unidades comercializadas, contra 2.023.925 no mesmo período de 2018.

“O ritmo de crescimento permanece moderado e estável, e positivo no acumulado, o que é muito importante para os resultados do setor em 2019. Conforme as projeções da FENABRAVE, o ano deverá ser encerrado com crescimento de 10,03% considerado todos os segmentos somados”, comentou Assumpção Júnior.

Fonte: site da FENABRAVE

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.