O que é que há

Setor calçadista perde 3,9 mil empregos em meio a piora das exportações

22/06 – Com a demanda interna mais fraca e a queda nas exportações, o setor calçadista registrou em maio o pior saldo de empregos do ano, com 3,9 mil vagas perdidas. As indústrias, que estão entre as afetadas pela redução no Reintegra – programa de incentivo a exportações – sofreram com encomendas fracas para as vendas externas de outono e inverno, segundo informou Heitor Klein, presidente da Abicalçados.

Copom mantém a taxa SELIC em 6,5% ao ano

21/06 – Em reunião realizada nesta quarta-feira, o Comitê de Política Monetária, órgão do Banco Central decidiu manutenção da taxa básica de juros (SELIC) em 6,5%. Para Alencar Burti, presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, o BC acertou em manter a taxa. Já para a Abimaq é importante a adoção de medidas de continuidade na redução da SELIC de forma sustentável.

Projeção do Focus para PIB de 2018 e 2019 apresenta nova retração

18/06 – Relatório de Mercado Focus/BC indica que o mercado financeiro reduziu suas projeções de crescimento da economia em 2018. A expectativa de alta para o PIB deste ano caiu para 1,76%. Há quatro semanas, a estimativa era de crescimento de 2,50%. Para 2019, a previsão é de queda para 2,70%, ante os 3% de quatro semanas atrás.

Microempresários são os mais otimistas com as vendas durante a Copa do Mundo

14/06 – Pesquisa da Boa Vista SCPC aponta que, quando questionados se o faturamento da empresa deve aumentar em função da Copa do Mundo na Rússia, 31% dos microempresários responderam que sim. Em seguida estão as grandes empresas (27%), depois as pequenas (26%) e por último os empresários das médias empresas (23%). No geral, 28% dos empresários confiam no aumento do faturamento por conta da Copa do Mundo.

51% das famílias na cidade de São Paulo estão endividadas

12/06 – A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) do mês de maio, realizada pela FecomercioSP, revelou que 51,1% das famílias da cidade de São Paulo estão endividadas e, dentre elas, 9% não têm condição de pagar as dívidas e ficarão inadimplentes. Extrapolando para o resto do país, este é um fiel retrato da crise que atinge os brasileiros.

IPCA para 2018 sobe de 3,65% para 3,82%, aponta o relatório Focus/BC

11/06 – Relatório de mercado Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, aponta que a mediana para o IPCA deste ano passou de 3,65% para 3,82%. Segundo os economistas consultados, o índice para 2019 subiu de 4,01% para 4,07%. Os dois resultados ainda estão abaixo das metas de inflação estabelecidas pelo BC.

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.