O que é que há

Déficit primário para neste ano deve ficar em R$ 136 bilhões

12/04 – Analistas de mercado ouvidos pelo Ministério da Fazenda continuam prevendo que o governo encerrará este ano com déficit primário em torno de R$ 136 bilhões. Este valor é menor que a avaliação negativa inicial do próprio governo da ordem de R$ 159 bilhões.

Em 2017, 10% dos brasileiros detinham 43,3% da renda total do país

11/04 – Em 2017, a minoria mais rica (10% dos brasileiros) detinha 43,3% da renda total do país, a mesma concentração de 2016. Segundo o IBGE, os 10% mais pobres detinham apenas 0,7% da renda. Considerando apenas os 1% do topo da cadeia, a renda média foi de R$ 27.213,00/mês – 36,1 vezes acima da média dos mais pobres.

INPC desacelera alta para 0,07% em março e sobe 1,56% em 12 meses

10/04 – O INPC subiu 0,07% no mês de março, conforme dados divulgados pelo IBGE. É o índice mais baixo para o mês desde a criação do Plano Real, em 1994. Em 12 meses, a inflação registrou alta de 1,56%, inferior à taxa de 1,81% acumulada em fevereiro.

Alta do PIB para este ano cai de 2,84% para 2,80%

09/04 – Especialistas do mercado financeiro reduziram suas projeções para o crescimento do PIB neste ano de 2,84% para 2,80%, segundo destaca o último Relatório de Mercado Focus/BC. Há quatro semanas, a estimativa era de crescimento de 2,87%. Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3%.

Indústria automobilística registra alta na produção nos três primeiros meses do ano

06/04 – A produção de veículos no acumulado deste ano ficou em 699,7 mil unidades, expansão de 14,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Anfavea, só em março saíram das montadores 267,5 mil unidades, acréscimo de 25,3% sobre fevereiro e de 13,5% sobre março do ano passado. Para Antonio Megale, presidente da entidade, o balanço confirma o gradual retorno das atividades do setor.

Setor de embalagem prevê crescimento de 2,96% neste ano

04/04 – A ABRE – Associação Brasileira de Embalagem – informa que o volume de produção do setor atingiu o valor de R$ 71,5 bilhões, o que representou uma elevação de 1,96% em 2017 em relação ao ano anterior. Para 2018, a entidade prevê crescer 2,96%, calcado na recuperação dos indicadores de consumo, comércio, serviços e industrial.

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.