O que é que há

Déficit da balança do setor químico atinge US$ 11,7 bilhões nos primeiros cinco meses do ano

19/06 – Levantamento da Abiquim aponta que no, acumulado dos cinco primeiros meses deste ano, o déficit na balança comercial de produtos químicos atingiu US$ 11,7 bilhões valor 15,1% superior ao mesmo período de 2018. Esse resultado decorre das importações de US$ 17 bilhões e das exportações de US$ 5,3 bilhões, em produtos químicos. No acumulado dos últimos 12 meses (junho/2018 a maio/2019), o déficit é de US$ 31,2 bilhões, mesmo valor registrado em 2014.

Gustavo Montezano é indicado para substituir Levy no BNDES

18/06 – O presidente da República indicou Gustavo Montezano para presidir o BNDES. Ex-sócio diretor do banco BTG Pactual, ele já integrava o governo como secretário-adjunto da Secretaria de Desestatização e Desinvestimento. Engenheiro mecânico e mestre em economia, ele substituirá Joaquim Levy, que pediu demissão no final de semana. O nome de Montezano foi encaminhado pelo Ministério da Economia para deliberação do Conselho de Administração do BNDES.

Economia deve crescer abaixo de 1% neste ano

17/06 – Pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central indica que o mercado reduziu a expectativa de crescimento da economia brasileira neste ano para menos de 1%. O levantamento mostrou, também, que a estimativa agora é de que a taxa básica de juros (Selic) termine este ano em 5,75%, o que representa uma forte redução ante estabilidade no atual patamar de 6,5% prevista anteriormente. Também o cenário para o ano que vem apresentou redução na estimativa para a Selic, de 7% para 6,5%.

Joaquim Levy pede demissão do cargo de presidente do BNDES

16/06 – O economista Joaquim Levy apresentou seu pedido de demissão da presidência do BNDES, após atritos com o presidente da República. Apesar de ter atuado na reestruturação e reformulação de cargos e áreas chave do banco, Levy não atendeu às solicitações da presidência de promover a abertura da caixa-preta que esconderia empréstimos irregulares, feitos para obras no exterior, principalmente para Venezuela e para Cuba.

Consumo nacional deve movimentar R$ 4.7 trilhões neste ano

14/06 – O consumo das famílias brasileiras continuará crescendo em 2019 e deverá impulsionar o PIB. Na contramão das últimas expectativas, a economia tem potencial para movimentar cerca de R$ 4,7 trilhões (2,7% acima de 2018), sendo responsável por 64,8% da somatória de bens e serviços deste ano. A perspectiva é do estudo IPC Maps 2019, especializado no cálculo de índices de potencial de consumo nacional, com base no índice de inflação de 3,89%, previsto para este ano.

Brasil ultrapassa marca de 1GW em geração distribuída

13/06 – O Brasil ultrapassou a marca de 1 gigawatt de potência instalada em micro e minigeração distribuída de energia elétrica. Segundo André Pepitone, diretor-geral da ANEEL, a marca histórica é resultado de ações da Agência (Resoluções Normativas 482/2012 e 687/2015) para possibilitar que o consumidor gere sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis ou cogeração qualificada, e forneça o excedente para a rede de distribuição de sua cidade.

1 2 3 139
NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.