O que é que há

Mercado passa a prever alta de 1% para o PIB neste ano

15/11 – Os dados do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que confirmaram a expectativa de leve aceleração do ritmo de retomada, provocaram um aumento nas perspectivas no mercado para o crescimento da economia em 2019. Agora, a expansão de 1% do PIB deste ano é a nova mediana, contra 0,9% há um mês. Também para 2020, a mediana subiu para 2,3%, contra os 2% anteriores. A confirmação sobre o PIB só virá em 3 de dezembro, quando o IBGE divulga o índice de julho a setembro.

Vendas no Natal devem movimentar R$ 60 bilhões

14/11 – Pesquisa do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojista, feita em todas as capitais dos estados do país, aponta que, mesmo com a renda reduzida por conta da crise, a maior parte dos brasileiros informa que fará compras de Natal. Segundo a economista Marcela Kawauti, do SPC, 77% dos brasileiros devem presentear alguém neste fim de ano. Esse número é muito parecido com o do ano passado e deve injetar cerca de 60 bilhões na economia. A pesquisa mostra, também, que 72% dos compradores vão pagar os presentes à vista.

Emprego na construção brasileira cresceu 0,92% em setembro

13/11 – Dados do SindusCon/FGV, indicam que o nível de emprego na construção civil registrou variação positiva de 0,92% em setembro na comparação com o mês anterior, com a abertura de 21.948 postos de em trabalho. No acumulado dos nove primeiros meses, a variação também é positiva (5,73%), equivalente a 130.114. Na comparação com os nove meses de 2018, a elevação é de +1,45%. Segundo o SindusCon, ao final de setembro o setor empregava 2.402.591 trabalhadores em todo o país.

Congresso promulga a reforma da Previdência

12/11 – Após nove meses de debates, o Congresso Nacional promulgou hoje a reforma da Previdência, que muda as regras para aposentadorias e pensões, estabelecendo a idade mínima de 62 anos para as mulheres e de 65 anos para os homens. Ambos precisarão contribuir por 15 anos. Os homens que entrarem no mercado de trabalho depois que a reforma começar a valer terão de cumprir 20 anos de contribuição. A maioria das mudanças já começa a valer imediatamente. Porém, os novos percentuais de desconto no salário do trabalhador e dos servidores federais só entram em vigor em março de 2020.

Economistas confirmam expectativa da Selic para este ano

11/11 – Nova pesquisa Focus/Banco Central reforça o tom de cautela e mostra que a expectativa continua sendo de que a Selic terminará este ano e o próximo a 4,5%. Também o grupo de economistas que mais acertam as previsões vê a taxa básica de juros a 4,5% em 2019, porém de 4% em 2020. Entretanto, só se terá certeza na próxima e última reunião do ano do Copom, nos dias 10 e 11 de dezembro.

Varejo e indústria de eletrodomésticos apostam em melhor Natal desde 2013

10/11 – Juros em queda, inflação baixa, oferta de crédito e liberação de recursos do FGTS podem determinar uma retomada nas vendas de do comércio e das indústrias de bens de consumo neste final de ano, apontam expectativas da CNC e de representantes de indústrias de eletrodomésticos. Estoques mais enxutos nas lojas e velocidade maior de produção nas fábricas são termômetros de que este Natal deverá ser o melhor desde 2013.

1 2 3 157
NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.