Análise Econômica, Política & Social
Abimaq Setores

Setor de máquinas industriais tem pequeno crescimento em setembro

Segundo a Abimaq, o aumento de 0,1% nas vendas em relação ao mês de agosto foi impactado pela forte queda nas exportações das indústrias para Argentina, Paraguai e Chile

Absolar Barbara Rubin

Consumidor que opta por energia solar economiza na conta de luz

Barbara Rubin, do Conselho da Absolar, informa que a modalidade - "uma das fontes mais baratas, que economiza água e é mais limpa" - começa a ser debatida em Comissão do Senado Federal

CNI Robson3

Indústria é a favor da abertura comercial, mas com diálogo e transparência

Um corte abrupto da TEC - Tarifa Externa Comum - do Mercosul reduzirá o PIB brasileiro de pelo menos 10 dos 23 setores industriais até 2022, prejudicando a retomada do crescimento do país e a redução do desemprego. Este é o resultado de um estudo do Centro de Estudos de Política da Universidade de Victoria, na Austrália, contratado pela CNI, em função das recentes notícias de que o governo tem avançado na proposta aos seus parceiros do bloco - Argentina, Uruguai e Paraguai - de reduzir unilateralmente em 50% o imposto de importação. Neste contexto, a entidade pede a abertura de diálogo, através de consulta pública, para que se esclareça a realidade de cada empresa e das diferentes regiões do país. Segundo a CNI, a redução unilateral da TEC diminui o engajamento da indústria em novos acordos comerciais e o Brasil ainda perde poder de barganha. “Somos a favor da abertura, mas com diálogo e transparência”, afirma Robson Braga de Andrade, presidente da CNI. [clique no título para ler a íntegra]

CNT Bruno Batista

Pioram as condições das rodovias brasileiras

Segundo Bruno Batista, diretor-executivo da CNT, a recuperação da malha viária exigiria R$ 38,6 bilhões em investimentos, ou R$ 15,8 bilhões só para manutenção

Portal Solar CEO

Cerca de 80% dos consumidores de energia solar querem vender excedente da geração distribuída

Segundo Rodolfo Meyer, CEO do Portal Solar, essa é uma iniciativa alinhada com as melhores práticas internacionais

Abeaço Thaís Fagury Prolata

Construtoras aderem à logística reversa das latas de aço

Segundo Thais Fagury, presidente da Abeaço e coordenadora da Prolata, o programa oferece facilidade para o descarte de embalagens e resíduos originados em obras

NewsLetter

Cadastre-se e receba nossas notícias por e-mail.